RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Domingo, Janeiro 26, 2020

Julgamento de Alcochete (III) – Barbini e Amaral arguidos?

O terceiro dia do julgamento foi repleto de conteúdo sumarento. Um dos três pontos mais saborosos foi a pergunta de Miguel A. Fonseca e respectiva resposta do Sargento José Monteiro, da Unidade de Investigação Criminal da GNR.

Fonte: O Jogo

Vamos por partes, revendo o que já se sabe.

Foi criado um grupo no WhatsApp com o único propósito de organizar uma ida à Academia, conforme atesta o número 3 da alínea b) do documento abaixo:

Deste grupo que se propunha ir ao treino da equipa, faziam parte Pedro “Barbini” Silveira e Diogo Amaral, conforme se pode verificar:

Quer Pedro “Barbini” Silveira, quer Diogo Amaral, foram elementos bastante activos nos protestos organizados contra a anterior direcção.

Curiosamente, foram também figuras muito próximas de Frederico Varandas, com várias acções de campanha, sendo que Pedro Silveira chegou mesmo a integrar a lista de Varandas.

Agora vamos unir as peças todas:

Estes dois bons rapazes estavam num grupo feito para organizar a ida à Academia. Um grupo restrito que, como foi criado em “cima da hora”, não teria gente que não interessasse à causa. Inteligentemente, por cabeça deles ou de outros, não foram à Academia. Mais tarde, ligaram-se à lista do candidato que viria a ganhar. A investigação não achou nada disto estranho…

O que falta dizer? Que estes rapazes tomaram conhecimento do que se estava a preparar e, portanto no mínimo, foram coniventes com o sucedido, ao não avisarem a direcção do clube ou mesmo as autoridades competentes. A Procuradora também não viu aqui qualquer indício?

Fonte: Expresso

Posto isto, crimes de terrorismo são tratados com esta leviandade? Só foi investigado quem entrou na Academia? A resposta poderá estar na imagem acima. Parece que a tese de terrorismo serviu mais para justificar a fantasia da autoria moral, visto que nem a entidade com competências na investigação desses crimes foi chamada.

Outro ponto bastante marcante, para desespero da comunicação social, foram as seguintes declarações, também do Sargento José Monteiro.

Fonte: Expresso

Portanto, de uma penada, foi assim que o militar mandou abaixo quase todo o processo inquisitório de caça às bruxas. Milhares de horas de lavagem cerebral acabaram em duas simples frases, ditas por este militar em tribunal. Note-se que ainda há poucos dias andávamos nisto…

Fonte: Observador

Entretanto, depois de tanto revés na “cartilha”, lá se voltou à fórmula original. O famoso “façam o que quiserem”, que quase já adquiriu o estatuto mitológico. Como este senhor pouco recomendável apregoa:

Será que ele (e quem o ouve para formar opinião) não entendeu que o último interessado nos acontecimentos de Alcochete era Bruno de Carvalho? Que quem orquestrou a ida à Academia até queria o então Presidente fora, no final da época?

E que dizer das peripécias de investigação dignas de apanhados? A Cândida Vilar deve estar orgulhosa.

A droga, o frasco de arroz e o mistério

Ainda durante a manhã, perguntou assim Rocha Quental ao Sargento José Monteiro:

Fonte: O Jogo

Até aqui, tudo relativamente normal. O caricato aconteceu mais tarde, quando depunha o Cabo João Oliveira e o advogado quis saber de que forma se descobriu de quem era a droga, se de Mustafá, se de JóJó.

Fonte: Expresso

O terrorista traficante, o telemóvel e a falta de tempo

Por falar em Cândida Vilar e Mustafá, vejamos a forma zelosa como o MP trata as potenciais provas incriminatórias de acusados de terrorismo e tráfico de droga.

Fonte: O Jogo

Portanto, em pleno século XXI, não se vasculha ao mais ínfimo pormenor o telemóvel de um terrorista? Que motivo forte houve para tal não ser feito?

Fonte: O Jogo

É aguardar pelos próximos episódios desta novela mexicana.

Ver também:

Artigos relacionados

Notify of
Abílio Serra
Visitante
Abílio Serra

Estes procuradores, com esta direção e governo, TERRORISTAS…MESMO..!!!

Soeu-Sei
Visitante
Soeu-Sei

essa porca suja bêbeda da vilar que está a chular o estado á conta dos nossos impostos devia ir parar com o costado a caxias e ser obrigada a pagar uma indemnização aos que estiveram presos e sobretudo ao nosso Presidente BdC

HULK VERDE
Visitante
HULK VERDE

Mais uma boa série de investigação e informação suportada com provas promovida pelo Rugido Verde.
Bem haja!

%d bloggers like this: