RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Quinta-feira, Maio 28, 2020

Neste dia… em 1983, o Sporting vence o Estoril com 3 golos do “trio maravilha”


Com os «leões» firmes no 3.º lugar da classificação, mas com o Estoril ainda em riscos de cair na zona de despromoção, o jogo arrastou-se por toda a primeira parte, sem chama e com um futebol tipo fim de estação, especialmente da parte da equipa «canarinha».

O Sporting abriu o marcador aos 17 minutos, com um golo de Oliveira de alto índice técnico a fazer vibrar os adeptos nas bancadas. Ainda antes do intervalo (30’) Manuel Fernandes ampliou o placard para 2-0.

A 2.º parte em pouco diferiu da inicial, pois nem mesmo as substituições operadas nas duas equipas fizeram melhorar o futebol que se estava a praticar. O Sporting, contudo, venceria com a maior justiça, pois além dos três golos marcados (Jordão apontou o terceiro golo aos 84’) ainda se poderá queixar da falta de sorte, especialmente numa bola de Jordão à base do poste da baliza à guarda de Manuel Abrantes, que levava o rótulo de golo.

Sob arbitragem de Manuel Abreu (de Santarém) as equipas alinharam:

Sporting: Meszaros; Carlos Xavier, Kikas, Zezinho e Mário Jorge (Ademar, 59); Festas (Nogueira, 70), Lito e Kostov: Manuel Fernandes, Oliveira e Jordão.

Estoril: Manuel Abrantes; Teixeirinha, José António, Manaca e Hélio (Garcês, 47); Vitinha, Vieirinha e Isidro; José Abrantes, Vítor Madeira e Diamantino (Ernesto, 45).

Data: 22/05/1983
Local: Estádii José Alvalade
Evento: Sporting (3-0) Estoril, CN - 28 Jornada

Artigos relacionados

Subscreva
Notify of
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Partilhe a sua opinião!x
()
x