RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Sábado, Setembro 19, 2020

Última chamada para…

Desde que me lembro de existir no Sporting Clube de Portugal nunca remaram todos no mesmo sentido (defender e engrandecer o clube).

Havia sempre figuras “sinistras” nas sombras a conspirar para à primeira oportunidade irem para lá fazer as suas negociatas, e quem perdia o comboio dos grandes, era sempre o Sporting.

Até que em 2011 apareceu um jovem candidato, com ideias novas e novas formas de gerir um clube, que se quer ganhador e financeiramente estável, depois de décadas de desnorte desportivo e financeiro para o clube (não para os dirigentes, pelo menos a nível financeiro).  

Esse jovem é Bruno de Carvalho e apresenta-se às eleições de 2011 com um programa eleitoral ambicioso e só o famoso “churrasquinho” o impediu de ser presidente logo nessa altura.

Foi eleito um dinástico que teve que sair de Alvalade com escolta policial. As coisas correram como todos nós sabemos e em 2013 tínhamos o Sporting à beira de fechar portas.

Bruno de Carvalho arregaça as mangas e manda-se que nem um Leão ao muito que tinha que ser feito. E fê-lo com toda a mestria durante cinco anos, até ser vítima de uma volta olímpica, que colocou os mercenários do pontapé na bola acima do presidente do clube, apenas e só, por pedir exigência e compromisso às flores de estufa.

Em 2018 deu-se a golpada na qual se atropelaram todas as leis/estatutos/ regulamentos/ código civil de um estado de direito para afastar e “aniquilar” publicamente o presidente que só defendia os interesses do clube (nem os seus defendia).

Isto é passado e neste momento temos os piores órgãos sociais de sempre no Sporting Clube de Portugal (no que aos interesses do clube diz respeito). A direção não dirige, a MAG e o PMAG não representam quem deviam representar – os sócios, e o CFeD não fiscaliza nenhum dos dois anteriores.

Estes dois últimos estão a servir de escudo a uma direção corrupta e autista, fazendo deles igualmente corruptos e autistas.

União 0, transparência 0, informação 0, competência 0, qualidade 0, capacidade negocial 0, negligência 100, negócios estranhos 100, vitimização 100, desculpas 100. Actos dolosos sem dolo (onde é eu já vi isto?).

FUTURO: A última chamada… para o comboio da salvação do SPORTING CLUBE DE PORTUGAL passa por:

  • Saída imediata destes Orgãos Sociais, por demissão ou por vontade dos sócios em Assembleia Geral (quando o responsável máximo deles tiver o bom senso de a/as marcar e tiver deixado o mau gosto a escolher gravatas batatoon).
  • Retificação por parte dos sócios de erros cometidos no passado, re-admitindo todos os sócios suspensos e expulsos, como sócios de plenos direitos (Godinho Lopes incluído).
  • Marcação de eleições com todos os sócios com possibilidade de concorrerem (incluindo os readmitidos), com auditoria externa, por exemplo a Universidade do Minho, sem códigos de barras ou códigos alfanuméricos.
  • Aceitação por parte de todos dos resultados dessas eleições e contribuição e engrandecimento do Sporting e só do Sporting, e não de interesses e agendas pessoais.
  • Manter a capacidade de intervir sempre que os interesses do Sporting não estejam a ser defendidos, nos locais próprios, as Assembleias Gerais à porta fechada e falando e discutindo os assuntos antes de os votar. Nunca mais Assembleias Gerais de corrida, de porta aberta (excepto as AG’s eleitorais). Reforço das câmaras de CCTV, para identificar, expulsar e punir quem filmar, gravar a AG e as divulgar aos media.
  • Quem não quiser um Sporting grande e capaz de lutar por vencer em todas as competições em que entra então não tem estofo para ser sócio do Sporting Clube de Portugal.

Sem isto, o nosso Sporting continuará como a foto do título demonstra.

Artigos relacionados

Subscreva
Notify of
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

10 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Leão Comuna

Olhem aííííí… Tragam um Moet Chandon e uns comes e bebes. Temos aqui gente fina.

Tamagno

Texto completamente absurdo e cheio de mentiras. Quando li “atropelaram todas as leis/estatutos/ regulamentos/ código civil” pensei que estivessem a falar desse tal de Bruno, que chegou a inventar órgãos sociais que entre as suas competências têm precisamente a fiscalização do CD! Não sei se conseguem atingir o absurdo e o quão ignóbil isto é – isto não é uma violação de estatutos, é uma coisa de um nível completamente estratosférico (pela negativa), quem faz uma coisa destas merecia ser expulso não para sempre mas por diversas reencarnações! A parte do “Reforço das câmaras de CCTV” é também particularmente cómica.… Ler mais »

10
0
Partilhe a sua opinião!x
()
x