RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Quarta-feira, Agosto 12, 2020

A Melga

Uma destas noites tive uma melga no quarto. As melgas de hoje em dia já não são como as de antigamente. Ainda assim, o seu comportamento pouco errático permite detetá-las e eliminá-las com relativa facilidade. Assim que se ouve aquele irritante zumbido característico, basta ligar a luz e procurar. Em poucos minutos acaba por se descobrir o bicho pousado na parede branca. Depois é só pegar no chinelo e pimba. O mais desagradável desta operação é posteriormente ter de limpar a parede que fica suja, com a melga esmagada e o sangue que a mesma nos usurpou no calor e na tranquilidade do nosso sono.

Terminada a operação de aniquilação da melga, dei comigo a pensar em como estas criaturinhas são chatas. E como fazem lembrar os croquettes, essa espécie que, tal como as melgas, suga tudo à sua volta e passa a vida a infernizar a vida do pobre humano anónimo e trabalhador. Neste caso o humano que é sócio e adepto do Sporting Clube de Portugal.

É que os sacanas sugam mesmo tudo. E não deixam nada. Eu sei que isto pode soar como uma música do saudoso Zeca Afonso, mas é a realidade nua e crua. Os gajos sugam o património todo ao clube, seja ele imobiliário, desportivo ou financeiro, sugam todo o potencial desportivo até nos deixarem a lutar com Bragas e Guimarães desta vida pelo lugar de terceiro grande, sugam-nos a paciência até ao tutano ao ponto de muitos de nós já termos desistido de os tentar combater.

Senão vejamos: Alvaláxia já foi, terrenos junto ao estádio já foram, Alcochete está em leasing, Estádio está cedido à SAD, resta o Pavilhão. Que com aquela gente está em perigo de seguir a mesma triste sina a qualquer momento. No plano desportivo lutar por títulos é uma miragem. No futebol o nosso rival é o Braga (dito e escrito pelo nosso excelso Henrique Monteiro). As modalidades definham a olhos vistos.

Em termos orçamentais a dívida do clube à SAD disparou, as dívidas a fornecedores igualmente, os gastos em comissões estão no dobro. Os gastos com pessoal igualmente.

Os próprios sócios diminuíram drasticamente, na mais recente contagem terão sido eliminados entre 80 a 90 mil sócios, o número absoluto de sócios situa-se actualmente em pouco mais de 100 mil (106 mil 625 para ser mais exacto) sendo que os pagantes são apenas 74 mil.

Eu chamo a isto política de terra queimada. Os nossos notáveis croquettes têm um jeitinho muito especial para o seu próprio toque de Midas, o toque de merdas, já que destroem a olhos vistos tudo em que tocam. Iniciei este texto com o facto duma melga me ter feito pensar neles, mas na realidade se é para os comparar a outras criaturas vivas a comparação mais lógica até é a vampiros, que não existindo, espelham na perfeição o que é essa casta bolorenta que teima em não descolar.

Deixem-nos em paz carago! Deixem o Sporting em paz, vão chatear outro! Aqui costuma-se pessoalizar a coisa ou até recorrer aquela antiga expressão “vai chatear o Camões”. Mas eu nem me atrevo a nomear ninguém para ser vítima desses escroquettes. Ninguém merece tal sorte. Nem um Bolsonaro ou um Trump.

E agora vamos lá falar de futebol. Sim, porque sendo o nosso Sporting um clube imenso e enorme, apenas o futebol movimenta as massas. Na realidade, por muito mal que esteja o clube, por muito más que estejam as contas, por muito mal que estejam as modalidades, infelizmente a isto ninguém liga, ninguém quer saber. Só se o futebol definhar por aí abaixo na tabela classificativa é que a malta acorda.

É que nem o facto de estarmos a viver a época com mais derrotas de sempre parece causar celeuma!

Parece que está quase contratado, ou estará mesmo, um defesa central marroquino do Bétis de Sevilha, curiosamente o clube para onde foi o Rescisor Casa-de-Banho. Curiosamente, ou se calhar não. Será este o pagamento da percentagem com que ainda ficámos do rescisor em questão? É conhecido ser este o método de trabalho de Jorge Mendes e seus associados, nos quais se incluem por estes dias Frederico Varandas e sua trupe.

Consultando o zerozero é possível verificar que este jogador está quase a completar 31 anos de idade. Ainda assim o catedrático fivelas parece achar que é boa ideia oferecer a este jogador um contrato de trabalho com quatro anos de duração.

É também possível verificar que o contrato do jogador com o Bétis de Sevilha termina no próximo verão, ficando por isso um jogador livre daqui a menos de seis meses. Mas o catedrático fivelas acha que faz sentido pagar três milhões de euros pelo seu passe.

Vamos agora analisar o currículo do jogador. Após passar por uma série de clubes que nem consigo pronunciar o nome chegou finalmente à Europa, corria o ano de 2013, terá sido contratado pelo Parma de Itália, clube que por estes dias definha na porta dos fundos do futebol italiano. Ainda assim no colosso Parma versão século XXI (não estamos já a falar no Parma de Faustino Asprilla por exemplo) não resultou e viria a ser emprestado primeiro ao Siena e depois ao Palermo.

Até que deu o salto para a Liga Espanhola para representar o poderoso Levante. Ainda passou uma época no Alavés até chegar finalmente ao seu actual clube o Bétis de Sevilha.

E é com isto que Frederico Varandas, Roberto Severo e Hugo Viana querem lutar pelo título. O anúncio do Presidente do Toupeirense, em que se diz capaz de gastar 50 milhões em reforços parece ter passado ao lado desta gente. Onde é importante gastar é nas comissões a Jorge Mendes. E em lixo tipo Jesé, Bolasie, Fernando, Rosier, Borja ou Ilori.

Porque vejamos: Rosier, Ilori, Neto e Borja já se viu não terem qualidade para estas andanças, um quarteto defensivo inteiro que todo junto custou uns 10 milhões! Aprenderam alguma coisa? Não parece, a avaliar pela contratação deste defesa central marroquino, que, com todo o respeito, não parece melhor.

Mas se calhar o nosso excelso Henrique Monteiro é que tem razão, o nosso rival é o Braga e estamos a contratar nesse âmbito: o da luta pelo terceiro lugar. Que diga-se neste momento está bem tremido. E se o falhamos, nem o Feddal conseguimos pagar.

Os croquetes podem ser melgas ou vampiros. Mas têm passado uma carreira inteira no clube a fazer dos Sportinguistas burros ou camelos. A minha pergunta neste momento é só uma: até quando Sportinguistas? Até quando? Demoram muito a abrir os olhos? É que as vidas estão quase a acabar e depois é game over. The End. Já fomos.

Outro jogador que se fala com alguma insistência por estes dias é Pedro Porro, defesa direito Espanhol de 20 anos que pertence aos quadros do Manchester City. Dizem que pode vir no âmbito daquele protocolo que os croquetes assinaram com o clube em questão após a ida para lá do nosso Félix. Sim, também vendemos um Félix, e em moldes tão cinzentos como o outro que foi do Toupeirense para o Atlético do Mendes.

E em ambos os casos, dinheiro vivo parece que não vai existir, vai ser tudo em géneros. No fundo estamos de regresso aos tempos do mercantilismo. “Ò vizinha troque-me aqui esta galinha por essa alface”. “Com certeza vizinha, olhe e já agora estou interessada aí nessa abóbora, quer estas batatas em troca?”.

E o mercado de transferências ainda nem abriu, tenho a certeza que nos vamos rir todos muito ao longo do mesmo. Os mais incautos coitados, vão passar os próximos tempos com as mãos na cabeça. Mas ainda há-de haver alguns que vão esperar que Feddal seja craque. Ou o marido da Porra. Afinal de contas é um jovem e representou as camadas jovens do país vizinho.

Eu só não percebo é que sendo a nossa formação tão especial porque raio é necessário ir buscar jogadores de formação lá fora. Porque tal como vinha na capa dum qualquer jornaleiro avençado há uns dias atrás “formação alivia mercado”. A depressão em que este clube vive é que já não há maneira de aliviar. E eu já não sei se a generalidade do sócio e adepto leonino é só burro ou camelo. Porque me parece claramente que é sobretudo extremamente masoquista.

Artigos relacionados

2 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
von o glamour dos 71.

Estupendas aquisições Alcochete como diz o dr. Rui Santos ,provocou um atraso estrutural de 15 anos portanto estamos no ano – 13 , com o tempo e a sabedoria do estagiário do Casa Pia 14 milhões bem baratinho , e a ajuda duma CS FOFINHA que nos adora temos todas as condições para acabar num honroso 3 º lugar a 30 pontos do labrego do JJ e do FC PORTO .