RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Domingo, Novembro 17, 2019

Adeptos leoninos tentaram invadir instalações de Alvalade

PSP obrigada a fazer alguns disparos

A PSP admitiu o recurso a alguns disparos para travar os adeptos leoninos que protestavam contra a situação que se vive no Sporting. Segundo a Polícia, os simpatizantes leoninos tentaram forçar a entrada no acesso VIP do Estádio José Alvalade, depois do empate (1-1) com o Marítimo, que deixou a equipa comandada por Paulo Bento na 7.ª posição da Liga Sagres.

“Houve uma tentativa de invasão das instalações da zona VIP. A polícia teve que intervir. Foram arremessados contra a polícia grades de ferro, pedras e tudo o que tinham à mão, o que obrigou a alguns disparos de ‘shot-gun’ para o ar, com a intenção de dispersar os adeptos”, revelou o sub-intendente da PSP Costa Ramos, depois de ânimos terem serenado.

As forças policiais tiveram ainda que recorrer a algumas bastonadas para impedir a entrada de cerca de 200 adeptos em protesto com os recentes maus resultados do Sporting, que não ganha há 4 jornadas. Depois de uma primeira tentativa de entrada na zona de acesso à sala de conferência de imprensa, os simpatizantes leoninos tentaram aceder à zona de garagem.

“Houve um tentativa de invasão do piso -1 [onde se situa a garagem], que foi repelida e tiveram de ser chamados reforços para assegurar a integridade física dos dirigentes e dos jogadores do Sporting”, frisou o referido sub-intendente, que dirigiu a operação – os funcionários do clube conseguiram fechar as portas do recinto antes da invasão dos adeptos e a PSP criou um cordão de segurança.

“Antes do jogo, houve alguns problemas, embora não tenha sido necessário utilizar a força, mas teve que se impedir vários grupos de entrarem com tarjas com mensagens dirigidas ao treinador e aos dirigentes”, adiantou ainda Costa Ramos.

Fonte: Jornal Record

Artigos relacionados

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscreva  
Notify of