RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Segunda-feira, Outubro 26, 2020

Paciência

Nos últimos tempos é isto que vários comentadores têm pedido tanto a esta equipa como a este elenco diretivo, mas será que é isso que o Sporting precisa?

Para mim não, para mim este elenco diretivo já teve os seus anos zero, os seus períodos experimentais e principalmente a sua época de afirmação.

Depois de seis treinadores em dois anos, depois da época passada desastrosa onde obtivemos um 4º lugar, recordista de mais derrotas numa época e uma entrada em falso, esta época com a eliminação das competições europeias nos play-offs, este elenco não tem mais margem de manobra para experimentações nem projetos cheios de palavras mas sem ações.

O que peço a este elenco diretivo é que ponha o lugar à disposição, que dê lugar a outro projeto porque já percebemos que com Varandas vamos continuar nas negociatas obscuras, a perder património, resultados desportivos e consequentemente massa adepta.

Já sabemos que os culpados são sempre os mesmos: nós adeptos e sócios que não apoiamos, as claques que desestabilizam, os grupos mais grupos que gravitam em torno do Sporting, nunca, mas nunca, estes sócios que são incompetentes e fazem o trabalho que estamos a ver.

Por isso não, infelizmente não tenho mais paciência para estes jogos de bastidores, para estas cortinas de fumo, como é o caso deste episódio de Rúben Amorim e desta história da aposta na formação, sim porque a formação do Sporting sempre foi forte, é verdade que nem sempre teve fornadas para a equipa principal mas sempre existiram jogadores da formação no nosso plantel, não é uma coisa criada por esta direção, que já gastou perto de 200M de euros em reforços, e agora que se vê de mãos e pés atados lembrou-se que Alcochete existe.

Para não falar da herança pesada: essa herança que acabou com o Wendel a sair por 20M+4, quero ver agora como vamos despachar o Borja, o Ilori e o Camacho.

Já não tenho paciência para Varandas, ele e os órgãos sociais que se demitam e que se encham de vergonha e desapareçam do espaço público, tanto eles como o Presidente sem rosto, Rogério Alves.

Com esta ideia me despeço, sabendo que o trabalho de Varandas e Rogério Alves está a ser exposto, como foi visto na ultima AG, isso sim um jogo de paciência, mas que vale sempre a pena.

Artigos relacionados

Subscreva
Notify of
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Partilhe a sua opinião!x
()
x