RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Sexta-feira, Agosto 07, 2020

Um amor sem precedente

Na passada sexta-feira, Bruno de Carvalho no seu espaço habitual na Rádio Estádio, revelou que se encontra disponível para trabalhar na Sporting SAD com o atual presidente do clube sem receber qualquer dividendo até o Sporting Clube de Portugal se tornar campeão nacional de futebol sénior masculino, recebendo apenas quando tal acontecesse.

Ouvi atentamente a sua declaração na rádio e fiquei extremamente sensibilizado com a lição de Sportinguismo demonstrada. Bruno de Carvalho, mesmo depois de ter sido mal tratado pelos Sportinguistas, ou parte deles, veio a terreiro dar uma chapada de luva branca nos mesmos. Foi o primeiro desde há quase dois anos a chegar-se à frente e a colocar o Sporting Clube de Portugal acima de qualquer interesse pessoal, acima de tudo e de todos.

A solução dada por Bruno de Carvalho é uma hipótese de pacificação do ambiente entre Sportinguistas e de retoma a um Sporting competitivo e vencedor, que foi aquilo que existiu durante cinco anos e meio quando presidiu o clube. Na minha ótica melhor posição seria impossível de tomar.

A bola agora está do lado de Frederico Varandas que pode optar por dois simples caminhos, ou coloca o Sporting em primeiro lugar e acima dos seus interesses pessoais aceitando a colaboração de Bruno de Carvalho, ou coloca-se a si mesmo em primeiro lugar em detrimento do máximo interesse do Sporting Clube de Portugal. A meu ver Frederico Varandas vai optar pelo segundo caminho, vai continuar a fazer o muito bom trabalho que está a fazer, que é acabar com o Sporting, e vai continuar a encher os seus bolsos como tem feito ao usar o clube que preside para beneficio da sua clínica. O que seria se Bruno de Carvalho chegasse e acabasse com essa fonte próspera de rendimento… Lá se ia a casa com piscina perto da Avenida da Liberdade.

Não tenho dúvida nenhuma de que se Bruno de Carvalho fosse liderar a SAD, o Sporting passaria a ter mais vitórias e tornar-se-ia mais competitivo, os adeptos voltariam ao estádio independentemente se os jogos são à segunda-feira às 21h e o ambiente entre Sportinguistas, aos poucos, voltaria ao normal e tudo seria superado.

Na minha opinião, Bruno de Carvalho é a única opção que pode salvar o Sporting de um futuro negro e doloroso, porque é o único que apesar de ter sido destruído por aquilo que ama, consegue colocar o que ama acima dele próprio. Tudo o resto vive de interesses e com sede de protagonismo, apenas surgindo quando é fácil e tentador.

Ao ouvir Bruno de Carvalho, o meu Sportinguismo sentiu-se muito pequeno porque não se compara ao Sportinguismo que aquele Homem (com “H” grande) tem dentro de si. Qualquer pessoa na sua posição nunca mais quereria saber do clube para absolutamente nada depois de ter sido destruído socialmente e não só. Uma demonstração de humildade e de amor que me fazem sentir vergonha alheia dos “71%”. É um amor sem precedente que vejo quando olho para Bruno de Carvalho.

Está disponível uma solução que pode ser facilmente aproveitada pela atual direção do Sporting de modo colocar o clube na rota de onde nunca deveria ter saído, na rota da vitória. Agora veremos o que mais importa para quem está a mandar nos destinos do clube, se é o Sporting Clube de Portugal ou se é o poder e o dinheiro que estão a ganhar.

A escolha é fácil, mas se continuarem no mesmo caminho intransigente e incompetente não resta outra opção senão a demissão.

Artigos relacionados

3 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Green Marquis

Seria tão bom que voltasse. Acredito que o número de sócios voltaria a disparar…. e a onda verde voltaria aos estádios nacionais

jorge mendes

Um SER humano de enorme craveira intelectual e um enorme CARÁCTER e com um AMOR àgape ao clube, mas nunca os assaltantes vão deixar a mama, ainda há muito guito para roubar e muito património para desbaratar.

Modli10

Eu adoraria ver o BdC de volta ao Nosso Clube, mas infelizmente ainda não tempo disso! Os anticorpos ainda são muitos e estão bem vivos, vai levar ainda mais algum tempo, mas o BdC um dia voltará ao Clube, está no seu destino, está no seu sangue. Tomara é que ainda exista Clube quando isto acontecer, quando o seu tempo chegar!