RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Domingo, Janeiro 26, 2020

Os (nossos) Três Reis Magos

Hoje celebra-se o dia de reis. Como é do conhecimento geral, os três reis magos teriam visitado Jesus (o Cristo, não o Jorge) após o seu nascimento, tendo trazido consigo presentes, nomeadamente incenso, ouro e mirra.

Aqui no Sporting também temos, infelizmente, os nossos três reis magos. E digo infelizmente, porque ao contrário dos outros, estes três reis magos a nós só nos trouxeram desgraça.

Guiados pelo brilho dos milhões e dos tachos, Rogério Alves, Francisco Salgado Zenha e Frederico Varandas chegaram, viram e usurparam, estando, neste momento, o clube (novamente) refém desta casta elitista e de gente de bem que nada quer ter a ver com a “escumalha”, que são os sócios do clube.

Basta ver o registo em que ocorreram os últimos encontros leoninos, vedados ao público em geral, ao sócio anónimo. Decorreram de forma privada, apenas para alguns notáveis convidados, com muito requinte e muito glamour, em casinos e luxuosos hotéis.

Mas passo agora a falar um pouco sobre os nossos três reis magos:

Rogério Alves

É, talvez, o chefe da comitiva. Mas já o é há muitos anos. Desde José Roquete, passando por Soares Franco ou Godinho Lopes regressa consecutivamente para espalhar a sua magia destruidora no clube. Como o faz não sei, mas o que é certo é que parece que acende uma vela de incenso cheiroso e com esse incenso consegue inebriar toda a comunidade sportinguista, que tarda em ver que este senhor é, na realidade, o maior cancro que gravita à volta do Sporting.

Não é certamente coincidência um dos sócios do escritório deste senhor ser irmão do actual presidente. Tal como nas castas monárquicas, nobres e burguesas do antigamente, os laços familiares estendem-se pela sociedade e pelas suas organizações, qual polvo mafioso que tudo consome.

Francisco Salgado Zenha

Reza a história que um dos três reis magos rodeou Jesus Cristo de ouro. Este senhor tem o efeito contrário no nosso Sporting, que é o de fazer desaparecer riqueza.

A dívida aos fornecedores aumentou, a dívida do clube à SAD tem aumentado vertiginosamente, regressaram os negócios escuros com fundos e empresários. Ainda estamos para perceber ao certo as consequências do empréstimo obtido junto do fundo Apollo, aquele que ainda agora resolveu vender os imóveis ex fidelidade com que ficou, após a venda daquela à Fosun, sem prestar cavaco aos respectivos moradores.

Também ainda estamos para perceber ao certo em que moldes funcionou o acordo de dois milhões assinado com o Wolverhampton Wanderers com a chancela de Jorge Mendes e que benefícios possa esse mesmo acordo trazer ao clube.

O dinheiro do contrato dos direitos televisivos assinado com a NOS vai também ele desaparecendo e sendo desbaratado.

Fica aqui a sensação que há uma clara intenção de desvalorização da marca, tendo em vista a sua venda em moldes mais favoráveis a um possível comprador.

Frederico Varandas

Frederico Varandas é talvez o presidente mais vacoso que o Sporting já teve. Já aqui apelidei este nosso presidente primeiro de calimero e, mais tarde, de autista. Agora apelido-o também de vacoso. Já anteriormente Varandas tinha sido apelidado de fivelas, o que faz dele o presidente com mais alcunhas que o Sporting já teve.

E vacoso porquê? Basta olhar para os resultados que a equipa de futebol tem conseguido. Um dos piores plantéis que alguma vez vi actuar com a nossa camisola vai conseguindo manter-se à tona, qualificou-se para a fase a eliminar da Liga Europa, conseguiu apurar-se para a Final Four da Taça da Liga e almejou alcançar o terceiro lugar do campeonato, após uma goleada nos Açores.

E se um dos três reis magos originais ficou conhecido por trazer mirra a Jesus Cristo este nosso manda-chuva é mais conhecido pelas consecutivas birras que faz. A última das quais é ferozmente dirigida às claques do clube.

Eu devo admitir que não sou particular fã das claques. No entanto, reconheço sem problemas que são fundamentais no apoio aos atletas. Sobretudo nos jogos fora. Nestes, sem as claques, arriscamo-nos a não ter sequer qualquer apoio às nossas equipas, sejam elas de futebol, andebol, vólei ou hóquei.

Terá este súbito ataque às claques a ver com uma possível venda da SAD?

E parece que para 2020, Fred fivelas, calimero, autista e vacoso, mantém a intenção de continuar com as borlas. Pelo menos a avaliar pelo que se vê um pouco por toda a comunicação social em geral. Aqui no Rugido já abordámos os casos de Wendel e Acuna. Mas parece que, também, Coates é para despachar a preço de saldo.

A continuar assim, Frederico Varandas rapidamente ultrapassará o seu padrinho Godinho Lopes como pior presidente da história do Sporting.

As acções da SAD essas rapidamente desvalorizarão para valores que eu próprio pensarei em comprá-las. Em vez de gastar meia dúzia de euros a comprar uma peça de roupa ou um bolo, compro a SAD do Sporting.

Ficaria certamente em melhores mãos, disso não tenho a mínima dúvida.

Artigos relacionados

Notify of
Leão Comuna
Visitante
Leão Comuna

Três reis magos ou três camelos? Três camelos a transportarem três ascos ou os três ascos a levarem os três camelos às costas? O menino Jesus (SPORTING) nas palhas estendido ou nas palhas deitado? Um burro, uma vaca, um pastor e suas ovelhas, uma manjedoura e palha, muita palha para os sócios comerem às pázadas. Depois temos o incenso para os deixar bem atordoados e adormecidos. O ouro reluz intensamente trazendo a ganância e a loucura, e enquanto o diabo esfrega o olho a delapidação. A mirra, oh a mirra, essa erva outrora usada para funerais, cremações e um ingrediente… Read more »

HULK VERDE
Visitante
HULK VERDE

Já agora, ao não nomear o “Resé” (Rei do Reggaeton) como um dos reis magos do Sporting o autor da (in)oportuna crónica ainda corre o risco de levar um pontapé nos fundilhos, ao passar por ele.

HULK VERDE
Visitante
HULK VERDE

Diz o lampião-mor para o seu vizinho visconde-croquette, amigos de muitos cambalachos, golpadas, desvios, compadrios, crimes vários e infindáveis saques, gabados pelos meios de propaganda do costume, numa risada incontida: – E vocês ainda lhes aumentaram o preço dos bilhetes e das Gameboxes, no início da época… AHAAHAHAHAHAH, AHAHAHAHAHAHAH, AHAHAHAHAH… Responde o outro, depois de rir a bandeiras despregadas e quase sem fôlego: – Pois foi, pois foi… EHEHEHEHEHEHEHE… e eles pagaram… AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH… AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH… AHhhhhhhh… Escusado será dizer, eram os reis da paródia lá na Quinta do Marquês… o outro era o carteiro, que fazia visitas extra-conjugais ao seu quarto,… Read more »

jorge mendes
Visitante
jorge mendes

um calhau e 2 pedregulhos para afundar o clube e o vender à apollo em saldo.

%d bloggers like this: