RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Domingo, Janeiro 26, 2020

Neste dia… em 1946, 6 golos de Peyroteo na vitória (9-5) em Famalicão

Sansão, o guarda-redes do Famalicão defende a soco.

Em Famalicão

O Sporting nunca perdeu a confiança

Por Manuel Mota

A chuva e lama num terreno ainda mal preparado foram os obstáculos mais difíceis que os clubes encontraram para uma boa exibição. Os pés pegavam-se ao campo e o esforço dos jogadores tinha, deste modo, de se multiplicar. Ainda assim o Sporting, incontestavelmente mais forte, procurou jogar, fazer exibição e resultado. No primeiro tempo a equipa, ao ataque, jogou bem, com os jovens Travassos e Vasques, em primeiro plano, logo seguidos de Albano, que soube adaptar-se às condições precárias do terreno.

A defesa, porém, não acompanhou o balanço da equipa, Em primeiro lugar, porque, nas redes, Valentim não dava confiança ao «team». Depois porque para deter a vivacidade de Álvaro Pereira teria sido preciso um jogador do género de Manuel Marques. Mas este estava a marcar o extremo. O notável sentido de antecipação do excelente defesa teria reduzido a acção do avançado centro adversário, para o que Barrosa possui outras qualidades que, ontem, talvez fossem mais bem aproveitadas no lugar onde esteve Marques.

Tudo isto justifica, a nosso ver, os cinco golos marcados ao Sporting pela equipa estreante do Famalicão. Porque à linha avançada nada há que apontar. Fazer nove pontos é proeza meritória.

Cremos que o Famalicão teve possibilidades de se distinguir no campeonato. Possui um guarda-redes de valor, defesa direito ex-rapidez e vivacidade. Falta à equipa, logicamente, mais poder físico. Ontem consegui, em interessantes criações, operar sensacionais reviravoltas, como a que levou o resultado de 6-3 a 6-5 a favor dos «leões». Estes tiveram, por duas vezes, de procurar o empate. Quer dizer: duas vezes o Famalicão esteve em vencedor… Por fim «falou» a maior capacidade física dos lisboetas. Nos últimos minutos o Famalicão cedeu visivelmente e os «leões», em cinco minutos, marcaram três bolas seguidas.

Peyroteo vai fazer o 4º golo, mesmo com a oposição de Cerqueira.

Impressionou-nos, neste desafio, a confiança do Sporting. Apesar de todas as circunstancias desfavoráveis, os visitantes souberam encará-las com o maior à-vontade, conscios de uma supremacia que, aliás, o desenvolvimento do jogo demonstrava.

Todo o ataque jogou bem. Já dissemos que os interiores suplantaram os companheiros. Mas convém acrescentar que Albano não lhes ficou muito atrás e que Peyroteo e Jesus Correia foram utilíssimos. Ambos, todavia, renunciaram algumas vezes ao remate, Não obstante esse facto o avançado centro marcou seis golos!

Os dois médios de ataque Veríssimo e Canário, evidenciaram-se. O primeiro está em plena subida de forma, mais confiante nos seus recursos, o segundo continua a ser dos médios portugueses que melhor dão a bola aos dianteiros.

Há muito que fazer para levar o publico ao exacto conhecimento das leis. Até mesmo alguns jogadores necessitam de ser… ensinados! Peyroteo marcou um golo recebendo a bola que ressaltara de um poste e depois das mãos do guarda-redes: pois houve quem reclamasse a anulação do tento!…

Mais uma defesa do guarda-redes do Famalicão. Os dianteiros do Sporting nunca o deixaram tranquilo.

Um pormenor curioso: a certa altura o árbitro notou que a rede estava rota junto a um poste e foi ele próprio repará-la. Quando Peyroteo logrou o sexto ponto, por uma aberta entre esse poste e Sansão, reclamaram os famalicenses, alegando que a bola entrara… pelo buraco das redes. O juiz de campo foi verificar: não havia já buraco algum e o fiscal de linha confirmou o tento.

Fonte: Jornal Diário de Lisboa

No Estádio do Famalicão com arbitragem de Aluízio Morgado o Sporting alinhou com : Valentim; Álvaro Cardoso e Manecas; Canário, Octávio Barrosa e Veríssimo; Jesus Correia, Manuel Vasques, Peyroteo, Travassos e Albano.

Golos: Peyroteo (6′, 41′, 41′, 61′, 84′ e 87′), Travassos (29′) e Vasques (32′ e 90′)

Data: 24/11/1946
Local: Estádio do Famalicão
Evento: Famalicão (5-9) Sporting, CN - 1ª Jornada

Artigos relacionados

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscreva  
Notify of