RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Quinta-feira, Abril 22, 2021

Brumas Leoninas

Passaram poucos dias do dia do Pai, felicito por isso todos os papás. Aproveitando a data, e vendo o sentimento geral que percorre o mundo sportinguista, constato que muitos sportinguistas, com a forte possibilidade do Sporting voltar a ser campeão, entraram numa espécie de negação. Principalmente presente naqueles que se opunham a este Sporting.

Como se o hipotético título fosse apenas filho de um pai, Amorim de seu nome. Mas este título tem mais pais e não é bonito negá-lo apenas porque colide com aquilo em que acreditamos e, de certa forma, nos alivia a consciência. O actual Conselho Directivo será um dos pais deste título, com tudo o que defendem e representam. É das suas escolhas, das suas opções, todas, que nasce o actual momento da Sporting SAD.

E o Sporting que se prepara para ser campeão é:
– Gerido por um CD que emanou de um “golpe de estado” e que mente e reescreve a história constantemente; 
– Manipulador, promíscuo e propagandístico;  
– O desprezo pelos sócios;
– Silencia e descalça os adeptos;
– Obstrui e condiciona as Assembleias Gerais;
– O fomento do clientelismo e consequente alienação da participação activa dos associados;  
– Refém voluntário de interesses e empresários, usufruindo do sistema disponível a quem cede aos mesmos;  
– Financeiramente inviável; 
– Do agrado de todos os coveiros que passaram pelo Sporting e que há muito defendem a alienação da SAD.  

Este é o Sporting que vai ser campeão e não outro. Quem apoia este Sporting, inevitavelmente apoia isto, mesmo que não queira, e esta é a cama onde se está a deitar.  Mas não reneguem paternidades, sejam justos nessa altura.

O Sporting acima de tudo é muito mais do que um título da sua SAD, e ser sportinguista é também cuidar dele e da sua sobrevivência, mesmo que seja necessário dar passos atrás, sofrer mais um pouco, para sorrir no futuro.

Eu sei que o que escrevi me fará aos olhos de muitos ser menos sportinguista, é a vida, mas não se iludam, caso o Sporting seja campeão, tudo se alinhará numa narrativa e, na mesma, o Sporting Clube de Portugal que conhecemos, não existirá, será outra coisa qualquer,  muito provavelmente o que eles quiserem que seja.  

Não sou eu que o digo, é o que a história demonstra,  materializada nas decisões passadas dos sócios sportinguistas. Num cenário idílico qualquer sportinguista deseja um Sporting campeão mas, na realidade, temo que seja apenas mais um prego no caixão do Sporting dos sócios e para os sócios.

Não é fácil, aceito, são tempos de brumas leoninas.

Artigos relacionados

1 Comentário
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Manuel Correia

Corretíssimo.
Grande sportinguista é aquele que cuida do clube e denuncia a hipocrisia, corrupção e as golpadas assassinas, sem medo, mas com orgulho.
Força Rugido Verde!!!