RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Domingo, Maio 31, 2020

A vergonha continua

Como acho que tem sido perceptível para toda a gente os últimos tempos noticiosos têm sido dominados em 99% pela pandemia do novo coronavírus.

Ainda assim o nosso Sporting consegue ser destaque e aparecer no meio da crise sanitária. E não é pelos melhores motivos.

Depois dos despedimentos na loja verde, dos cortes salariais aos futebolistas e do lay-off para os funcionários eis que novo circo assume destaque na nação leonina: desta vez o não pagamento ao Sporting Clube de Braga pela contratação do treinador Ruben Amorim.

Até ao dia 6 de Março devia ter sido liquidada uma primeira prestação de 5 milhões. Isso não foi feito e agora o clube terá de pagar mais ainda.

O clube apresenta como desculpa o estado de excepção provocado pela pandemia de covid-19.

Gostaríamos aqui de relembrar que no dia 6 de Março o futebol ainda não tinha sido suspenso em Portugal e o estado de emergência só viria a ter início cerca de dez dias mais tarde.

Já se percebeu portanto qual vai ser o novo bode expiatório para a incompetência e gestão danosa que vigora no clube por estes dias: depois de Alcochete e da pesa herança vamos ter a pandemia de coronavirus ou covid-19 como lhe preferirem chamar.

Mais uma vez somos o centro das críticas na comunicação social e alvo de chacota em tudo o que é rede social.

Mas o senhor Zenha continua impávido e sereno do alto do seu pedestal a debitar a cartilha do momento de excepção devido ao qual não é necessário honrar os compromissos anteriormente assumidos.

Durante quando mais tempo os sócios do Sporting vão permitir esta pouca vergonha?

Artigos relacionados