RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Quinta-feira, Agosto 22, 2019

As figuras do ataque a Alcochete

Muito se especula se houve um mandante, no entanto ninguém considera a simples opção que foi um desacato entre adeptos e jogadores. Tudo começa na Madeira, depois da derrota que nos tirou o pote de ouro da champions.

Apoiantes do Sporting combinam uma ida ao aeroporto falar com os jogadores, o que na altura não pareceu algo maligno. No entanto, o ambiente ficou mais tenso quando Battaglia e Acuña ofendem elementos das claques, chamando-lhes “hijos de *”.

Os próximos dias foram cruciais onde a figura central deste ataque é Emanuel “Minicapo” Calças, antigo estagiário do Sporting que foi despedido após a infame foto com Fábio Coentrão a ofender o clube rival, este iria ter uma segunda oportunidade dia 1 de Julho. Três grupos de conversa de whatsapp são cruciais neste ataque, “Academia”, criado especificamente para o ataque no dia anterior, “Exército Invencível” e “Piranhas on Tour”. Estes dois últimos já existiam há mais tempo e serviam para discutir assuntos relacionados ao Sporting e às claques pelo que as menções de Alcochete no grupo “Exército Invencível” são minimas.

Nestes grupos não constava Fernando Mendes e Nuno “Mustafa” Mendes apenas constava no grupo “Exército Invencível”, no qual não interagiu. A conversa nesse grupo foi bastante superficial, pelo que não se pode dizer que Mustafa conhecia os detalhes do ataque.

Minicapo surge como uma figura central no ataque, sendo ele a coordenar o mesmo. Este ataque não partiu das claques, mas de um grupo de amigos de confiança. Minicapo soube da hora do treino por Miguel Almeida Cardoso, funcionário do gabinete de comunicação do SCP. Como já mostrámos anteriormente neste link:
https://www.rugidoverde.com/2019/07/10/quem-deu-a-hora-do-treino-a-minicapo/

Bruno Jacinto, antigo oficial de ligação aos adeptos, é um dos “autores morais” que passa entre os pingos da chuva, passando em seguida alguns excertos das suas mensagens.

Ora bem, nota-se que Bruno de Carvalho não teve qualquer conhecimento do ataque nem o mandatou, se não porque razão iria Bruno Jacinto perguntar se o Mustafa falou com o, na altura, presidente do clube?

Dois elementos do grupo que não são arguidos e que estavam no grupo “Academia” são Diogo Silva, deputado da juventude socialista, e Flávio “Jusko” Neves. Ambos surgem como figuras preponderantes com conhecimentos de dentro e a instigar as agressões, ambos, curiosamente, não puderam ir à ultima da hora. Mais curioso ainda, ambos perseguem e agridem quem hoje defende Bruno de Carvalho.

Diogo Silva sabia que a GNR iria demorar 15 minutos a chegar, fica a questão, como? Não bate certo com o fato do segurança ter sido mais tarde promovido. Será que havia um compromisso em não chamar a policia? Tanto Diogo Silva como Flávio Neves incentivaram bastante vezes à violência contra os jogadores, no entanto o primeiro não foi porque trabalhava às 17h e o segundo porque tinha de cuidar da filha. Fica a questão, porque é que estes dois não foram ouvidos nem considerados autores morais?

Através das seguintes mensagens podemos perceber que a organização do ataque começou entre os agressores, não havendo qualquer tipo de associação a Bruno de Carvalho, muito pelo contrário, até havia um mau estar.

Fica a questão, há membros dos grupos de WhatsApp que nem foram chamados a depor e revela-se que sabiam do ataque, tal como instigaram à violência, sendo assim “autores morais”. Logo, porque razão estes membros saíram impunes? Porque é que Bruno de Carvalho é considerado autor moral? Porque é que há esta ambiguidade jurídica?.

De notar que as mensagens foram transcritas de modo a proteger a informação pessoal dos intervenientes e a melhorar a visibilidade das mesmas.

Artigos relacionados

Notify of
Zona Alta
Visitante
Zona Alta

Post de MERDA e nem sequer sabem do que falam !!! O MP e quem ( lampioes) dirige o processo … batem palmas e ” RIEM-SE ” de satisfação por opiniões destas !!! Piores que Toupeiras!!! Tristeza e vergonha disto !!!!
Talvez um dia algures em janeiro numa noite de frio e chuva contra um ” Aves ” qualquer numa segunda feira após fazer 300 kms … nós possamos encontrar para mostrar o que é o VERDADEIRO AMOR !!! SCP !!!
UDJL JLAM

Chuteiras
Visitante
Chuteiras

O problema do Sporting, Grande clube, o Maior, é que esta cheio de burros !

Basta por-lhes uma cenoura a frente e la vão eles, tapados como são nem interessa se é para o buraco.

Vendem-se por meia chamuça mal parida.
Mamam a cmtv avidamente.
E até um marta soares os consegue ludibriar e isto meus senhores, é obra.

São os mesmo que correram com João Rocha.
Sim , é verdade, correram com João Rocha para fora do Sporting.
E agora voltaram a fazer merda porque um burro não aprende, segue a cenoura nem que seja a paulada.

Juca
Visitante
Juca

O importante é dar a culpa Bruno,fazia parte do Golpe Palaciano!

CroqueteDeLeitão
Visitante
CroqueteDeLeitão

Voltamos ao mesmo ofender porque sim (e falo essencialmente dos comentários) Quem diz que quem votou na destituição acredita que o Bruno foi mandante de Alcochete? Da mesma forma que quem diz que todos os que votaram contra a expulsão querem o Bruno de volta a presidente? Como diz o outro uma coisa é uma coisa outra coisa é outra coisa… Bruno de Carvalho teve tudo na mão para ser um presidente “eterno” e ele sim não teve a coragem de tomar a decisão correta de se demitir após o ataque de Alcochete, ir a eleições e provavelmente teria ganho.… Read more »

beetuga
Visitante
beetuga

Bom… a ser verdade, pergunto: E agora?

Juca
Visitante
Juca

Só os 71% de Qi(burros)pensam que o Bruno fosse o mandante,follow the money,sobrinho,mendes,jogadores,varandas,rogério,jj,marta,etc,etc, penso eu de que…!

Alexia Cianeto
Visitante
Alexia Cianeto

Excelente texto para abrir os olhos aos sócios acéfalos que temos no clube.
Continuem a presentear-nos com as vossas investigações.
Um bem haja pelo vosso trabalho.

João Oliveira
Visitante
João Oliveira

Rugido Verde continuo a dizer , isto foi um golpe para tirar o Bruno do Sporting e agora está tudo a tremer. Bruno tem de ser condenado pois se sair sem “nada” a apontar a justiça portuguesa cai na desgraça juntamente com a comunicação social que o acusa. De uma coisa tenho a certeza se Bruno voltar ao clube, seremos muito mais fortes e unidos até lá lançam nos areia para os olhos e os gente de bem passeiam se alegremente…

Undertaker
Visitante
Undertaker

Enquanto tivermos estes chicos espertos das claques a pensar que mandam no clube nunca iremos a lado nenhum.

tadeu68
Visitante
tadeu68

Adorava ler mensagens trocadas ente João Moreira e alguém relacionado com Rogério Alves.
A missa do menino…fede ao longe.

Tudo o resto, é mais do mesmo. É óbvia a palhaçada…

HULK VERDE
Visitante
HULK VERDE

Onde estão as punições disciplinares por parte do Conselho Fiscal e Disciplinar a todos os sócios do Sporting que planearam e executaram a invasão à Academia? Por que motivo continuam a passear-se e a usar a intimidação e a violência nas instalações do Clube e suas imediações, sem qualquer punição? O que fazem os orgãos de polícia criminal e o Ministério Público ao não incluir estas pessoas na acusação, quando existem indícios e provas evidentes, algo que não acontece no caso de Bruno de Carvalho, que tem sido o mais perseguido quer pela Procuradoria quer pela comunicação social? Quais as… Read more »

Peyroteo
Visitante
Rei Leão

É divulgar. Toda a gente deve saber a porcaria em que o Sporting está metido. Tem de se saber o porquê da condução do processo na justiça em determinado sentido quando nos vamos apercebendo pelo teor das mensagens que o caminho teria de ter sido outro. Porquê? A quem interessou que fosse assim? Qual o papel que estará reservado às autoridades a partir do momento em que esta acusação caia pela base? Eu espero respostas, e por favor não me digam para esperar sentado que já me dói o dito cujo.

BRPC
Visitante
BRPC

Ouch…

A merda virá toda ao de cima.
Claques, sócios e notáveis são altamente tóxicos ao Sporting.

Vassourada p.f.

error: Conteúdo protegido!