RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Quinta-feira, Abril 09, 2020

Pedro Silva: «Que o meu filho morra se foi penálti!»


Lateral diz para entregarem a medalha ao “ladrão”

O brasileiro Pedro Silva foi um dos principais protagonistas do dérbi que decidiu a Taça da Liga, acabando por ser expulso na sequência de um penálti que não cometeu e, mais tarde, atirando fora com a medalha que lhe foi entregue. No final, não poupou críticas ao árbitro Lucílio Baptista e reforçou que não cometeu qualquer falta.

“Para que quero a medalha? Dêem-na a ele, a esse ladrão”, afirmou o lateral sportinguista, referindo ao juiz da partida, depois de ter recusado o galardão destinado ao finalista vencido da prova conquistada pelo Benfica no desempate por grandes penalidades.

“Toda a gente viu o que aconteceu. Em todos os jogos há polémica, em todos os jogos os árbitros erram e ninguém faz nada. Acho que alguém tem que tomar medidas. Perguntei-lhe quem assinalou e ele diz que não sabe? Então se ele é o árbitro por que assinalou? Isto é uma brincadeira. Não foi penálti. Que o meu filho morra se foi penálti”, acrescentou Pedro Silva.

João Moutinho, capitão do Sporting, mostrou-se muito incomodado com a arbitragem de Lucílio Baptista na final da Taça da Liga. E revelou as conversas entre a equipa de arbitragem nos minutos que se seguiram ao penálti de Pedro Silva.

“O árbitro e o fiscal de linha disseram que não viram nada. Estive junto deles e ouviu-os dizer isso. Não sei o que aconteceu depois, mas marcaram penálti. Foi uma autêntica vergonha. Custa-me dar os parabéns ao Benfica, porque não mereceram”, iniciou.

“É assim, são coisas do jogo. Espero não ser castigado por isto, mas acho que o árbitro não esteve à altura do jogo. Em campo toda a gente viu que não é penálti, porque o Pedro Silva tinha os braços atrás das costas, não sei onde é que o árbitro conseguiu descortinar uma grande penalidade”, rematou.

Liedson juntou-se ao coro de críticas ao trabalho do árbitro Lucílio Baptista, revelando que o grupo de trabalho está “revoltado”.

“Estamos revoltados e com razão. Ele marcou um penálti que não existiu e ainda expulsou o nosso jogador. Assim não é possível. Ainda para mais num lance em que não existe qualquer tipo de dúvidas, ele não tocou a bola com a mão”, afirmou o avançado leonino no final da partida.

Caneira estava igualmente frustado com tudo o que aconteceu. O jogador disse, porém, ser “importante levantar a cabeça”.

E adiantou: “Depois do grande jogo que fizemos e da injustiça que foi perdê-lo, temos que sair daqui com a cabeça levantada. Queríamos ganhar porque os nossos adeptos mereciam festejar este título, mas o sr. Lucilio não deixou que o Sporting levasse este troféu para casa”.

Fonte: Jornal Record

Data: 21/03/2009
Local: Estádio do Algarve
Evento: Sporting (1-1) (2-3 P) Benfica, Final Taça da Liga

Artigos relacionados

Deixe um comentário

avatar

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

  Subscreva  
Notify of