RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Segunda-feira, Julho 06, 2020

Neste dia… em 2013, Sporting bate FC Porto e conquista Taça de Portugal de andebol masculino

O Sporting conquistou este domingo a sua 14ª Taça de Portugal de andebol masculino, ao derrotar o FC Porto, após prolongamento, por 30-28, na final disputada em Tavira.

Depois de um empate (25-25) no tempo regulamentar de um jogo muito equilibrado, os “leões”, motivados pela presença do presidente, Bruno Carvalho, nas bancadas, mostraram-se superiores no prolongamento.

Na repetição da final da época passada, o Sporting voltou a superiorizar-se, conquistando a segunda Taça de Portugal consecutiva, perante um FC Porto que acabou por falhar o objectivo da primeira “dobradinha”.

Na primeira parte, os “leões”, suportados por uma boa exibição de Hugo Figueira na baliza (nove defesas), estiveram sempre à frente no marcador, cabendo ao FC Porto a missão de “correr” atrás do prejuízo.

A diferença a favor do Sporting chegou a ser de quatro golos (9-5), mas o FC Porto aproveitou o pior período “leonino” (mais de sete minutos sem marcar) para se aproximar do adversário, chegando ao empate (9-9).

A equipa lisboeta reagiu ao momento de maior apatia e voltou à vantagem, que segurou, pela margem mínima (13-12), nos últimos minutos da metade inicial, mesmo com a exclusão de dois jogadores.

O FC Porto surgiu, no reatamento, com Alfredo Quintana na baliza e com maior dinâmica ofensiva, acabando por dar a volta ao resultado, chegando pela primeira vez à vantagem (15-14) aos 34 minutos.

A partir desse momento, o marcador foi alternando constantemente entre o empate e o ascendente portista, mas uma exclusão de dois minutos de Gilberto Duarte, a quatro minutos do fim, quando o FC Porto vencia por 25-23, deixou o “dragão” nervoso.

O Sporting aproveitou para chegar, novamente, à igualdade (25-25) e teve a vitória nas mãos no último minuto, mas o ataque “leonino” foi concluído por Fábio Magalhães com um remate para fora.

No prolongamento, apesar da boa prestação de Alfredo Quintana na baliza portista, o Sporting superiorizou-se com uma maior dose de motivação e espírito de sacrifício, vencendo por uma margem de dois golos.

Jogo no pavilhão municipal de Tavira

Sporting-FC Porto, 30-28.

Ao intervalo: 13-12, no final do tempo regulamentar: 25-25

Sob a arbitragem da dupla Duarte Santos e Ricardo Vieira, as equipas alinharam e marcaram com os seguintes jogadores:

– Sporting: Hugo Figueira, Pedro Portela (2), Frankis Marzo (1), Rui Silva (10), Pedro Solha (6), João Antunes e Fábio Magalhães (3). Jogaram ainda: Bruno Moreira (3), Ricardo Dias (2), Novica Rudovic (2), João Pinto (1) e Nuno Silva.

Treinador: Frederico Santos.

– FC Porto: Hugo Laurentino, Gilberto Duarte (3), Pedro Spínola, Tiago Rocha (6), Ricardo Moreira (10), Elias Nogueira (1) e Wilson Davyes. Jogaram ainda: Alfredo Quintana, Daymaro Salina (1), João Ferraz (5) e Hugo Rosário (2).

Treinador: Ljubomir Obradovic.

Marcha do marcador: 3-1 (05 minutos), 5-4 (10), 9-6 (15), 9-9 (20), 11-10 (25), 13-12 (intervalo), 15-15 (35), 16-17 (40), 20-21 (45), 21-22 (50), 23-25 (55), 25-25 (tempo regulamentar), 27-26 (65) e 30-28 (resultado final).

Assistência: Cerca de 2.000 espectadores.

Fonte: Lusa

Data: 02/06/2013
Local: Tavira
Evento: Sporting (30-28) FC Porto, Final da Taça de Portugal

Artigos relacionados

Subscreva
Notify of
guest

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

0 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
0
Partilhe a sua opinião!x
()
x