RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Quarta-feira, Agosto 12, 2020

A Semana das Modalidades: “Com as calças do meu pai, também eu sou homem”

Terça-feira

Voleibol Masculino: Sporting CP 2-3 BV Kladno (CEV Challenge Cup)

O Sporting entrou para a segunda-mão dos Oitavos-de-Final da CEV Challenge Cup com uma vantagem confortável trazida do encontro na República Checa (0-3). Bastava aos Leões vencer dois sets para garantir o apuramento, numa missão que se previa de alguma facilidade.

Os comandados de Gersinho entraram bem e, apesar de alguma resistência por parte dos adversários, o primeiro set esteve sempre na mão do Sporting, que venceu por 25-20. A missão estava (ainda) mais perto de ser cumprida.

No segundo set, contudo, o BV Kladno reagiu e proporcionou um maior equilíbrio que no primeiro. Com algumas oscilações de resultado, os checos acabaram mesmo por conseguir o primeiro set vitorioso da eliminatória, por renhidos 23-25.

O choque acordou os Leões, que não deram hipótese no set seguinte, vencendo por incontestáveis 25-15. Estava confirmado o apuramento, e Gersinho aproveitou para dar alguma rotação à equipa, o que acabou por se refletir no resultado final. Todas as alterações afetaram o rendimento leonino, o que resultou num quarto set embaraçoso (14-25) e numa derrota na “negra” por 12-15. O Sporting perdeu assim o duelo, no Pavilhão João Rocha, embora tenha garantido o apuramento para os Quartos-de-Final da competição.

Na próxima eliminatória, o Sporting defrontará os húngaros do Pénzugyor SE.

Quarta-feira

Basquetebol Masculino: Sporting CP 75–50 AD Ovarense (Taça de Portugal)

No segundo dia seguido de ação no Pavilhão João Rocha, os basquetebolistas do Sporting receberam a AD Ovarense, em duelo a contar para os Oitavos-de-Final da Taça de Portugal.

Num jogo que a equipa visitante conseguiu manter equilibrado durante os primeiros dois quartos (ao intervalo havia 38-36), o Sporting conseguiu, eventualmente, descolar.

Nas asas dos melhores marcadores da partida, João Fernandes (18 pontos) e o inevitável Travante Williams (15 pontos), o Sporting conseguiu terminar o jogo com 25 pontos de vantagem, dizimando por completo o adversário. A AD Ovarense fez apenas 16 pontos na segunda parte da partida.

Com este resultado, o Sporting prossegue para os Quartos-de-Final da competição, onde irá encontrar a UD Oliveirense, num encontro de cariz mais complicado para os Leões.

Sábado

Voleibol Masculino: Vitória SC 0–3 Sporting CP (Campeonato)

Após ter garantido o apuramento europeu, apesar de o ter feito com uma derrota, o Sporting deslocou-se a Guimarães em partida para o Campeonato.

O jogo foi equilibrado, no seu todo, mas a equipa de Gersinho conseguiu sempre sobrepor-se ao adversário. O Sporting venceu o primeiro set por 20-25 e partiu para o segundo set com essa vantagem. Mais uma vez, houve algum equilíbrio, mas os Leões nunca sucumbiram e venceram novamente, por 21-25.

No set final, Gersinho exerceu alguma rotação sobre a equipa, mas os Leões corresponderam às expetativas, voltando a vencer por 21-25, e consumando a vitória na visita ao Vitória SC.

Futsal Masculino: AD Fundão 2–4 Sporting CP (Taça de Portugal)

Num duelo em que o vencedor garantia o apuramento para os Quartos-de-Final da Taça de Portugal, o Sporting entrou decidido a prosseguir na sua caminhada de revalidação do título em questão.

Depois de algumas oportunidades de parte a parte, mas sempre com mais Sporting, Rocha inaugurou o marcador aos 7’, dando a vantagem aos Leões.

Ao longo da primeira parte, houve oportunidades perigosíssimas para ambos os lados, com bolas a embater nos postes de ambas as equipas, e quem, eventualmente marcou foi a equipa do Fundão, através de Peléh, a dois minutos e meio do intervalo.

Na entrada para a segunda parte, o equilíbrio manteve-se, mas foi novamente o Sporting a marcar primeiro e, mais uma vez, através de Rocha, que bisou, fazendo o 17º golo na temporada.

O jogo foi-se tornando menos intenso, até o Fundão, naturalmente investir no 5 para 4, com que chegou ao golo do empate, através de David Gomes a pouco mais de dois minutos do final da partida. Estava feito o 2-2, para desalento dos adeptos leoninos. Foi com este resultado que a partida seguiu para prolongamento.

Nesta fase do jogo, foi mais uma vez o Sporting a adiantar-se no marcador e… outra vez através de Rocha. O pivot leonino, na sua movimentação habitual, de costas para a baliza, completou o hat-trick num remate em que Júlio César podia ter feito melhor.

A 19 segundos do fim da primeira-parte do prolongamento, já depois da saída de Júlio César por lesão, o Sporting fez o 2-4, através de Alex na conclusão de uma boa jogada de contra-ataque.

Este foi o resultado final, com o qual o Sporting garantiu o apuramento para os Quartos-de-Final da Taça de Portugal.

Hóquei em Patins Feminino: AD Sanjoanense 1-8 Sporting CP (Campeonato)

Em jogo a contar para a 19ª jornada do Campeonato, o Sporting entrou com a missão de vencer para manter a pressão sobre o, 100% vitorioso, benfica. Sem facilitismos, as Leoas entraram a vencer na partida, com golo de Adriana Gutiérrez. A partir daí, foi sempre a carburar, até ao resultado final de 1-8. Gutiérrez bisou no encontro, tal como Ana Catarina Ferreira e Rute Lopes. Tânia Freire e Inês Florêncio acrescentaram um golo, cada uma, à goleada em São João da Madeira.

O Sporting segue no segundo lugar da tabela classificativa.

Andebol Masculino: Sporting CP 40–24 FC Gaia (Campeonato)

O Andebol leonino defrontou o FC Gaia num jogo que antecede o regresso aos duelos europeus, em que o Sporting irá defrontar o CS Dinamo Bucuresti, reeditando os confrontos da época passada.

Com o intuito de manter a invencibilidade, e a liderança, o Sporting não desiludiu os adeptos presentes no Pavilhão João Rocha. Apesar de um início de jogo com algum equilíbrio, os Leões já venciam por sete golos ao intervalo. Na segunda parte, o Sporting dilatou a vantagem o suficiente para Thierry Anti promover algumas entradas de jogadores com menos tempo de jogo, como Ivan Nikcevic ou Carlos Carneiro.

A partida serviu também para os adeptos leoninos verem, novamente, Matevz Skok a ter mais alguns minutos, sendo que o guardião já tinha regressado à competição na semana passada após longa paragem por lesão.

O Sporting venceu por largo 40-24 e mantém-se, assim, líder do Campeonato Nacional. Segue-se o regresso à Liga dos Campeões.

Futsal Feminino: Santa Luzia FC 4–3 Sporting CP (Taça de Portugal)

O Futsal Feminino do Sporting disse “adeus” à Taça de Portugal nos Quartos-de-Final. As Leoas não conseguiram bater o Santa Luzia FC e chegaram a estar a perder por 4-1, sendo que ainda conseguiram reduzir para, menos dramáticos, 4-3. Continua, assim, a má temporada desta secção, que terá que dar que pensar aos responsáveis do Clube.

Hóquei em Patins Masculino: AW Lodi 5–1 Sporting CP (Liga Europeia)

“Humilhação” é a palavra que melhor descreve o encontro que opôs o Sporting aos italianos do Lodi, a contar para a Liga Europeia. O Sporting deitou por terra as hipóteses de revalidação do título europeu, ao ser eliminado ainda na Fase de Grupos, com um jogo por disputar.

Os Leões precisavam de vencer o jogo para continuar em prova, no entanto, tudo saiu ao lado. Com oportunidades para ambos os lados, o Lodi conseguiu sempre ser mais eficaz e ir-se superiorizando, progressivamente, ao Sporting. Os italianos chegaram a estar a ganhar por quatro golos sem resposta. Romero ainda reduziu, mas o Sporting viria a sofrer o quinto golo, que ditou o resultado final.

Muitos erros individuais, demasiadas opções duvidosas de Paulo Freitas e uma eliminação demasiado madrugadora da maior prova europeia de clubes – é este o resumo da noite de sábado para o Hóquei em Patins do Sporting.

É inevitável, também, mencionar a atual Direção que tanto “peito cheio” teve aquando dos títulos europeus conquistados em Futsal e Hóquei em Patins na época 2018/2019, e agora vê as mesmas equipas serem eliminadas antes de chegarem à fase das decisões. Estamos a assistir à transição entre o trabalho real de uma Direção nas Modalidades, para o atual “trabalho invisível” que se tem refletido na perda de qualidade exibicional em quase todas as Modalidades, na construção deficiente de plantéis e em resultados destes. É caso para dizer: “Com as calças do meu pai, também eu sou homem”. Resta-nos observar o que acontecerá às Modalidades, conforme o trabalho da Direção de Bruno de Carvalho se vai esfumando.

Domingo

Basquetebol Masculino: Sporting CP 86–68 CP Esgueira (Campeonato)

O Sporting recebeu o CP Esgueira, em dia de estreia do reforço Demetric Austin. O jogo revelou-se mais difícil que o esperado, inicialmente. Os visitantes chegaram a estar em vantagem, embora os Leões tenham conseguido recuperar e manter-se na liderança do marcador no resto do encontro. Ao intervalo, o conjunto liderado por Luís Magalhães vencia por oito pontos (50-42).

Na segunda parte, o CP Esgueira reduziu a desvantagem momentaneamente, chegando a estar a três pontos do empate.  Eventualmente, a superioridade leonina veio ao de cima e, liderado por Travante Williams e James Elissor (ambos com 17 pontos), o Sporting venceu mesmo a partida por 86-68. Demetric Austin não teve uma estreia muito notável, tendo apontado apenas quatro pontos.

Os Leões continuam assim líderes do Campeonato e vão deslocar-se a Guimarães na próxima jornada, para defrontar o Vitória SC.

Ténis de Mesa Masculino: Sporting CP 3-2 CSS-SZAK Odorheiu Secuiesc (ETTU Europe Cup)

O Sporting qualificou-se para as Meias-Finais da ETTU Europe Cup após vencer os romenos do CSS-SZAK Odorheiu Secuiesc por 3-2. Os Leões resolveram a eliminatória logo nos primeiros dois jogos (vitórias de Aruna Quadri e Diogo Carvalho por 3-0), tendo o resto das partidas servido para “cumprir calendário”.

Na próxima eliminatória, o adversário serão os franceses do Ping Pong Club Villeneuvois.

Voleibol Feminino: Sporting CP 3–0 Porto Vólei (Campeonato)

Num importante duelo para o Campeonato, o Sporting recebeu o Porto Vólei apenas com a vitória na mente. As jogadoras leoninas não vacilaram e começaram muito bem a partida, vencendo o primeiro set por 25-15. Sem tirar o pé do acelerador, o segundo set ainda foi melhor conseguido, tendo as Leoas vencido por 25-13. Por fim, não querendo deixar margem para infortúnios, o Sporting voltou a sair vitorioso no terceiro set, por 25-17.

Com esta vitória, o Sporting fica a um ponto do Porto Vólei, e em igualdade pontual com o AVC Famalicão, no quarto lugar.