RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Segunda-feira, Dezembro 09, 2019

Erros individuais ditam primeiro desaire da época

Depois de uma série irrepreensível, com várias goleadas e a conquista da supertaça frente ao eterno rival, os leões deslocavam-se à Luz no 1º lugar do campeonato e ambicionando a consolidação da liderança.

O Sporting CP alinhou de início com Guitta, João Matos, Merlim, Taynan e Cardinal. Um 5 claramente ofensivo.

Os leões entraram com uma atitude afirmativa na partida, com vontade de dar continuidade aos bons resultados e exibições. Dominavam a partida, mesmo com alguns contragolpes perigosos por parte do Benfica, mas foi com naturalidade que os leões chegaram ao 1º golo da partida por intermédio de Erick Mendonça aos 8 minutos de jogo, após dois pormenores deliciosos de Taynan. Um golo de belo efeito que coroava o bom início da equipa leonina.

Fonte: Sporting CP

Infelizmente, a vantagem leonina não durou muito tempo. 1 minuto depois do golo leonino, já a equipa encarnada igualava a partida.

O golo encarnado desconcentrou por completo a equipa leonina, que 4 minutos depois, sofreu dois golos de seguida. O minuto 13 foi um minuto de azar para os leões que se viam subitamente a perder por 3-1.

De salientar que a equipa do Benfica chegou cedo às 5 faltas na primeira parte, mas os árbitros não assinalaram mais falta nenhuma até ao final da primeira parte. O resultado era de 3-1 ao intervalo.

Na segunda parte, os leões tentaram diminuir os estragos e entraram determinados, mas o remate de Merlim esbarrou no poste. Aos 23 minutos, os árbitros decidiram ser protagonistas (para variar) e admoestaram Taynan com o 2º cartão amarelo na partida, algo que não fariam mais tarde na partida relativamente a jogadores encarnados, numa clara dualidade de critérios.

A equipa leonina acusou bastante a desvantagem numérica e sofreu mais um golo, fruto da respectiva inferioridade numérica.

Os leões ripostavam, tentavam voltar à disputa de um resultado positivo e após alguns intentos, Erick foi carregado na área adversária por Roncaglio.

Fonte: Sporting CP

Na conversão da grande penalidade, Fernando Cardinal reduziu e colocou o Sporting de volta à discussão do resultado ainda com muito tempo pela frente.

Fonte: Sporting CP

O Sporting manteve a intensidade à procura de reduzir a desvantagem, mas sem grandes efeitos práticos.

Foi aí que o treinador Nuno Dias decidiu apostar no 5 para 4. Foi através do 5 para 4 que o Sporting reduziu a 1 minuto do fim, novamente por intermédio de Erick Mendonça, que foi claramente o jogador com melhor rendimento nesta partida por parte da equipa leonina.

Contudo, o 3º golo leonino já chegou tarde e os campeões europeus não foram a tempo de evitar a primeira derrota da época. De frisar que na segunda parte, a equipa adversária atingiu as 5 faltas ainda mais cedo, tendo estado mais de 12 minutos imune à 6ª falta. Um exemplo claro da falta de coragem da dupla de arbitragem.

RESULTADO FINAL
SL Benfica 4-3 SPORTING CP

Resta agora aos leões manterem o foco, continuar a série vitoriosa que vinham praticando sem deixar este desaire afectar a moral. Tudo isto para que depois no Pavilhão João Rocha, vinguem esta derrota e possam assegurar o sempre importante 1º lugar na fase regular.

Com esta derrota, os leões caíram para o 2º lugar do campeonato, continuando a depender apenas de si para chegar ao 1º lugar.

Próximos jogos:

  • SPORTING CP vs Quinta dos Lombos | Pavilhão João Rocha | 4/10 |20h
  • SPORTING CP vs Mostar | Eslovénia | 9/10 |16h30
  • Ekonomac vs SPORTING CP | Eslovénia | 10/10 | 16h30
  • Dobovec vs SPORTING CP | Eslovénia | 12/10 | 19h
  • Viseu 2001 vs SPORTING CP | Viseu | 16/10 | 20h45
  • SPORTING CP vs Leões de Porto Salvo | PJR | 20/10 | 14h20

Nota: Os jogos na Eslovénia são alusivos à Main Round da UEFA Futsal Champions League

Sporting Sempre! Saudações Leoninas

Leão Eterno

Artigos relacionados

%d bloggers like this: