RUGIDO VERDE

Levantar e levantar de novo, até que os cordeiros se tornem Leões!

Terça-feira, Junho 22, 2021

Paulinho: Mais Cara Compra de Sempre ou Negócio Mais Ruinoso de Sempre?

Não pretendo com este exercício abordar a questão desportiva associada à contratação de Paulinho ao Sporting Clube de Braga, essa certamente será feita, opinada e esmiuçada por muita gente em todo o lado, eu próprio provavelmente acabarei por abordar o tema mais tarde ou mais cedo.

Estamos perante a contratação mais cara da história do clube e uma das mais caras de sempre do futebol português. Relembro que estamos a falar dum atleta já com 28 anos de idade portanto sem qualquer perspectiva de retorno financeiro no futuro, até pelas clausulas bizarras que constam no negócio.

Para este exercício nem vou olhar para o comunicado da Sporting SAD à CMVM, visto o mesmo ser manifestamente insuficiente. Por exemplo não refere que “mediante proposta de transferência futura de 25.000.000,00€ ou superior para a compra do jogador em questão, caso a Sporting CP SAD opte por não a aceitar, terá de pagar à SC Braga – Futebol, SAD a percentagem remanescente dos direitos económicos (30%, que representa no mínimo o valor adicional de 7.500.000,00€)“.

Ora bem, o valor comunicado para a compra do jogador Paulinho é de 16 milhões de euros (por 70% do passe, é que nem é pela totalidade do mesmo!), sendo que a isto ainda é necessário acrescentar o IVA. Para além do IVA a Sporting SAD fica também responsável pelo mecanismo de solidariedade devido a terceiros. Ressalvo só aqui que, por norma, este mecanismo é suportado por quem vende, mas como somos uns beneméritos e uns mãos largas vamos assumir nós esse valor.

Quer dizer, despedem-se funcionários, corta-se nas modalidades a torto e a direito (inclusive nas olímpicas em ano de Jogos), tudo isto alegadamente porque não há dinheiro, o que se analisarmos as contas mais recentes divulgadas pelo clube bate certo, efectivamente não há dinheiro, as dívidas são cada vez mais e mais do que muitas, a sustentabilidade da SAD está seriamente em perigo, ainda mais agora com este negócio, que não é preciso ser-se bruxo para adivinhar que tem dedo de Jorge Mendes.

Contornos do negócio de Paulinho.

Vejo muito Sportinguista embevecido com o primeiro lugar no futebol e a contratação deste avançado internacional com alguns golos marcados ao serviço do Sporting Clube de Braga, “ah e tal o negócio é ruinoso mas se der o título vale a pena“.

Não meus amigos, não vale a pena, não pode valer tudo para conquistar um título no futebol, sei que todos ansiamos por isso e o merecemos, mas não podemos colocar em causa o futuro do clube, a própria existência do mesmo, que é o que se está a fazer com este negócio.

É que ainda por cima isto não fica por aqui. Foi também acordada a cedência ao Sporting de Braga dos jogadores Borja e Sporar. Borja vai a título definitivo por 3 milhões mas, e transcrevo aqui o comunicado do Braga para não pensarem que estou a inventar, “esta contratação só foi possível porque a Sporting CP SAD aceitou suportar a diferença salarial do jogador entre o seu contrato anterior e o contrato que celebrou com a SC Braga – Futebol SAD. Refira-se que o internacional colombiano assinou um contrato válido por 4 anos e meio”.

Sim meus amigos, leram bem, vamos ficar a pagar ordenado ao Borja! E também ao Sporar, já que TODO o ordenado do jogador será suportado por nós!

E chegado aqui pensará o meu caro leitor “deve ter acabado, isto não pode piorar”. Errado amigo, ainda consegue piorar: “A SC Braga – Futebol SAD fica ainda com opção de compra de 7.500.000,00€, e caso não exerça esta opção, garante um direito de vitrine mínimo de 10%, que poderá chegar a 15% conforme o valor de uma futura transferência na janela do próximo mercado“.

Direito de vitrine… eu nem sei se ria se chore… dá vontade de terminar este texto com um RIP Sporting. Vida de sportinguista é dura e o que custa mais no meio disto tudo é que o é mais por culpa interna do que por culpa de factores externos…

É conhecido o nosso histórico negativo de negócios com o Sporting de Braga, uma agremiação presidida por um anti sportinguista primário, amigo do peito do Padrinho Luís Filipe Vieira e que gosta de papaguear que o clube a que preside é tão grande como o nosso. Não me esqueço que um dos últimos jogadores que lá contratámos até rescindiu contrato e tudo…

Resta saber os verdadeiros moldes deste negócio, o Sporting não tem dinheiro, o Braga sabe isso, alegadamente Rúben Amorim ainda não foi pago. Será que à semelhança de Rúben Amorim também Paulinho não é para pagar? Estes negócios patrocinados por Jorge Mendes são sempre suspeitos e dão sempre azo a teorias da conspiração…

Artigos relacionados

2 Comentários
Inline Feedbacks
Ver todos os comentários
Leonis Tsavo

Terá que marcar 50 golos por época, em rodas as competições, durante o tempo que cá estiver. Dúvido é que o SCP, como o conhecemos e amamos, aguente o tempo de contrato do Paulinho.
Pelo andar da carruagem, mesmo sendo campeões ou indo à CL, temos receitas penhoradas pela UEFA e dívidas enormes, cuja verdadeira dimensão desconhecemos. Com a máquina de propaganda, se as contas não estivessem desastrosas, era todos os dias a falar nisso.
QUO VADIS SPORTING?

Simão

Um negócio ruinoso mas que já está a ser encapotado pelos minions das redes sociais. “Ai se ele marcar 20 golos”, “ai se ele garantir o título”. Tudo isto por um cepo que nem meio golo por jogo tem.